quinta-feira, 25 de março de 2010

"...se eu achar, eu dou três pulinhos"

Outro dia Marianinha, caçou de baixo de todos os pés de salsinha, uma tal de alegria perdida.
Fez promessa para um tal Santo Antão e pro São Sebastião, prometeu também os três pulinhos pro bendito São Longuinho.
Necas de pitibiriba, a graciosa Marianinha, estava desolada, parecia que ia ficar com a cara toda queimada e continuar sem enxergar um raiozinho se quer de sol.
Foi na cozinha da tia Mariquinha, pegou a peneira da farinha, saiu correndo de mansinho, a procura de um roda moinho. Encontrou um dos mínimos, mas servia pra pegar saci. Não teve outra, engarrafou o molequinho que andava aos pulinhos. Perguntou: "Saci danado, eu sei que você encontra qualquer coisa perdida nessa vida. Me diga, onde encontrar a alegria partida?"
Saci baforando anéis de fumaça cinzenta, disse cantarolando: "Tudo que não se encontra do lado de fora, é porque certamente perdeu do lado de dentro."
E Marianinha soltou o negrinho no meio campão. Após isso adormeceu, mergulhada em seu coração.

3 comentários:

Jade disse...

Lindo, lindo, lindo...
Intéquinfim...

Jade disse...

Ocê vortô...

Cau. disse...

O Saci, apesar de pentelho, sabe muito bem das coisas. Bela filosofia q deixou pra Marianinha.

.

Kin, o "Poderá gostar também de:" vc acha nesse site: http://www.linkwithin.com/learn?ref=widget

.

Beijinhos

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails